20145 anos Som à LetraDossier

Um media com berço no facebook

A rede social facebook foi-me introduzida em finais de 2008 pelo professor Paulo Frias, era eu finalista do curso de Ciências da Comunicação da UP.

Por Irene Mónica Leite

Apesar de ficar a par de todas as potencialidades da rede social, ironicamente não fiquei muito entusiasmada.

Foi preciso praticamente um ano depois para começar a olhar com outros olhos para esta ferramenta. Comecei a perceber o envolvimento da audiência na partilha dos conteúdos.

E foi assim que comecei a partilhar músicas e notícias Num espaço de meses milhares de leitores passaram a seguir o blogspot.

O boom facebokiano (2010/2011)

Aos poucos fui criando uma comunidade sonora , e também um grande vicio. Havia sessões de manhã , à tarde e à noite. Podemos falar em dj set virtual, o que ajudou a aumentar o publico do som à letra. Uma autêntica loucura. Partilhava new wave, gothic rock, classic rock, 80´s pop , Madchester….Sisters of mercy (das mais pedidas), XTC, Led Zeppelin, New Order, The Doors, Arcade Fire, Pink Floyd, The Byrds, David Bowie, Iggy Pop, Frank Zappa, Happy Mondays, Massive Attack, Joy Division, The Horrors, entre tantos outros convidados.  Havia mesmo uma febre na altura, alimentada pelo passa a palavra.

Destaque para o rotações on demand, que se referia aos pedidos dos leitores/ouvintes.

Foram tempos intensos, exaustivos, onde se criaram todas as bases.
Hoje pretendo retirar esse espírito para a som fm, webrádio de cariz comunitário online.

Comment here