Scratch Kids

Nostalgia (da boa) com Dragon Ball

Não percam esta viagem, proque nós também não!

As crianças dos anos 90 certamente que não esquecem o anime “Dragon Ball”, sobretudo a primeira temporada , com o pequeno Goku a ser treinado pelo hilariante (e maroto) Tartaruga Genial…

Texto Irene Mónica Leite

É importante observar que “Dragon Ball” começou por ser uma mangá criada por Akira Toriyama, a partir de 1986.

Refira-se que a história é inspirada no conto Japonês “Viagem ao Oeste”. A mangá deu origem a uma série de anime produzida pelos estúdios Toei. Consta que a série foi realizada por Daisuke Nishio e foram produzidos 153 episódios que se podem dividir em 7 sagas produzidos de 1986 a 1989. “Dragon Ball” mistura elementos da mitologia japonesa, com um mundo de fantasia criado por Akira.

O sucesso, claro, foi enorme, tanto no Japão como no resto do mundo. Esta bem sucedida aventura originou uma vasta linha de produtos relacionados com o animé. Quatro filmes foram, três dos quais foram editados em Portugal.

A história

Son Goku é um rapaz com rabo de macaco que vive sozinho nas montanhas desde a morte do seu avô.

Um dia, Goku conhece Bulma, que procura as 7 bolas de cristal. Quando as 7 bolas de cristal estão juntas aparece no céu o Dragão Shenron que permite realizar um desejo.

Bulma (o grande amor de Goku) consegue convencer Son Goku a acompanhá-la na busca das bolas de cristal. Durante a viagem eles fazem vários amigos e alguns inimigos, como Yamcha e o Rei Pilaf, entre outros. Numa das aventuras Son Goku conhece o mestre Tartaruga Genial que promete treiná-lo para entrar no Grande Torneio de Artes Marciais que se realiza de cinco em cinco anos. Além de treinar Goku, o Tartaruga Genial treina outro rapaz, o Krilin, que claro, acaba por tornar-se o grande amigo do pequeno grande Goku….

Recorde-se que “Dragon Ball” estreou em Portugal em 1995 na SIC no programa Buéréré. Mas a série já era um pouco conhecida pelos jogos lançados em diversas consolas.

O animé repetiu algumas vezes até chegar ao derradeiro fim. O sucesso era tanto que os episódios passavam de manhã e repetiam à tarde. Mais tarde voltou a repetir na SIC, depois na SIC Gold e novamente na SIC Radical e também na SIC K.

Comment here