Vídeo da Semana

Vídeo da Semana com Lush

Lush foi uma banda inglesa de shoegaze e britpop. O projeto, formado em 1987 em Londres, inicialmente conhecida como The Baby Machines (baseado num verso da letra da canção de Siouxsie and the Banshees “Arabian Knights”), e que encerrou atividade em 1996.


Houve, no entanto, no curto período entre 2015 e 2016, uma reunião com Berenyi, Anderson, King e Justin Welch. Ambos fizeram turnê e gravaram um EP de novo material antes de se separarem de forma permanente e amigável para se concentrar nas suas vidas pessoais.

Os integrantes originais da banda foram Steve Rippon, Emma Anderson, Meriel Barham (que saiu da banda longo no início), Chris Acland e Miki Berenyi.

O primeiro EP deste projeto foi Scar, lançado em 1989, com o auxílio de Robin Guthrie, pelo selo britânico 4AD Records.

Com efeito, os Lush foram uma das bandas mais populares da cena indie britânica no começo dos anos 90.
O primeiro álbum dos Lush (ainda em LP) foi denominado Spooky, lançado em 1992.

Split, o segundo álbum, foi lançado em 1994. Não obteve o mesmo sucesso que o álbum anterior.

O êxito com o álbum Lovelife

Em 1996 Lovelife foi o último álbum da banda que foi lançado, e este sim se tornou o maior sucesso de vendas da carreira, que emergiu justamente no meio da ascensão do Britpop no cenário inglês e mundial. Em Lovelife, há o sucesso “Ladykillers” and “Single Girl”, e também contou com a participação especial de Jarvis Cocker, dos Pulp, a fazer um dueto com Miki Berenyi em “Ciao!”.

O video 500 (Shake baby shake) está bem dirigido, com contornos caricatos, em como por vezes o cruzamento de destinos pode salvar um dia em que a lei de murphy parecia estar a conspirar.

Em 1996, o baterista Chris Acland enforcou-se na casa de seus pais, e um dos motivos alegados era a depressão que ele sofria. Em 1998, os demais integrantes da banda resolveram anunciar o fim dos Lush.

Comment here