Nacionais

Uma deliciosa viagem no tempo com Rita Braga!

Entrar no universo de Rita Braga é permitir-se a uma deliciosa viagem no tempo Sonora, agora renovada, com o terceiro disco da cantora, Time Warp Blues.

De acordo com nota enviada às redações, neste registo revelam-se mais facetas da cantora e multi-instrumentista Rita Braga: a naïve art de Space Lady; os bizarros sons de Bruce Haack; o minimalismo dos Young Marble Giants; a cinematografia de Eraserhead e toda uma espiral de fantasmas e viagens no tempo.

O que têm todos estes reflexos em comum? O peculiar uso do ukulele por Rita Braga, acompanhada de teclados e caixas de ritmos vintage e banjolele.

Refira-se que Time Warp Blues, co-produzido por Andrea Rocca em Londres é o primeira longa duração em vinil de Rita Braga, que escreve e interpreta canções em inglês, português, finlandês e japonês.

Nada destas diferentes latitudes lhe é desconhecido, pois ao longo da última década realizou numerosos concertos por toda a Europa e também nos EUA, Brasil, Austrália e Japão. O disco anterior Bird on the Moon (Lunadélia Records, 2018/Moorworks, Japão 2019) deu entrada no “Top 15 de discos com ukulele” na revista Wire.

Time Warp Blues sairá nas plataformas digitais a 20 de novembro e em vinil no início de janeiro.

Comment here