Nacionais

Papercutz em directo do Fundão pela Antena 3

Com concertos no início do ano adiados, o Sons À Sexta e a Antena 3 convidam o público virtual para conhecer o espetáculo do projecto :PAPERCUTZ em directo do Pavilhão Multiusos do Fundão.

Em 2020 o grupo do produtor Portuense Bruno Miguel tem novas edições Internacionais do seu álbum ‘King Ruiner’, um trabalho de electrónica pop negra e exótica, gravado entre o Porto, NYC, Hamburgo e Tóquio.

De acordo com nota enviada às redações, o lançamento é pela editora responsável por álbuns de Of Montreal, Clap Your Hands Say Yeah, Unknown Mortal Orchestra e começaram o ano com uma digressão no Japão. Em Portugal o álbum tem recebido destaque em diversas publicações e rádios e obteve uma nova edição lançada em tempos de pandemia com os artistas Portugueses Octa Push, Throes + The Shine, Scúru Fitchádu, Pedro, FARWARMTH, IVVVO, e Ondness. Os :PAPERCUTZ iam ter a sua maior digressão de sempre fora de portas cujo cancelamento fez os voltar a sua atenção para o território nacional com datas ao longo do ano desde o Centro Cultural Belém em Lisboa ao Auditório CCOP no Porto, com diversos convidados do meio musical nacional.

Refira-se que o grupo continua em concertos em 2021 e o produtor Bruno Miguel apresenta neste evento o seu mais recente espectáculo com a cantora Neozelandesa Maree Lawn, artista com um Honor Degree em voz Jazz da New Zealand school of music que já colaborou com artistas como Rakalam Bob moses (conhecido de projectos com Herbie Hancock, Keith Jarrett e Charles Mingus), as Portuguesas Meta, cantora e produtora que explora sonoridades tradicionais, resultando numa eletrónica pop de tons folk, tendo sido destacada como uma das promessas da nova música nacional e que irão fazer parte de um novo EP com lançamento previsto para este ano de nome ‘So Far So Fading’. O espetáculo soma um desenho de luzes imersivas concebido por Pedro Rompante, de encontro ao trabalho onírico do projeto Portuense.

O evento disponibilizado nos canais da Antena 3 é filmado por Vasco Mendes, a par da criação de dezenas de vídeos para bandas portuguesas, produz documentários e curtas ficções, e foi o responsável pelo mais recente videoclip “Become Nothing” filmado no coliseu do Porto e single retirado do álbum “King Ruiner.

Comment here