Livros & Leituras

Partilhar e celebrar os bens da memória

A Porto Editora publica A Intuição da Ilha, o livro de Pilar del Río que narra os dias de José Saramago em Lanzarote. O prefácio conta com assinatura de Fernando Gómez Aguilera.


De acordo com nota enviada às redações, “Lanzarote foi uma epifania para Saramago, o umbral que atravessou, cruzando o Atlântico, para inaugurar a sua segunda existência, em simbiose com Pilar del Río, que conhecera seis anos antes”, conta Fernando Gómez Aguilera no prefácio de Intuição da Ilha. Foi em 1992 que o Prémio Nobel português tomou “uma das decisões mais sensatas” da sua vida, a de se transferir de malas, livros e bagagens para a ilha que, além das suas belezas naturais, lhe permitiria trabalhar ao ritmo das suas urgências. O livro revela o quotidiano do autor, num hino à cultura de hospitalidade do espaço que ficaria conhecido por A Casa. Nesta obra descobrimos um interface de encontros e literatura, afetos e relações de cooperação, valores e pensamento social, episódios domésticos, detalhes sobre a origem e a conceção das narrações que Saramago produziu nos últimos 17 anos da sua vida literária, em pleno silêncio vulcânico. Amplamente ilustrado com gravuras de Juan José Cuadrado, concebidas propositadamente para a ocasião, o volume inclui 24 páginas de extratexto com fotografias do arquivo privado da Fundação José Saramago.

Refira-se que no dia 10 de setembro, às 16h00, a obra será apresentada no Auditório Sul da APEL da 92.ª Feira do Livro de Lisboa. A autora estará à conversa com Irene Vallejo e Francisco Louçã. Segue-se, às 17h00, uma sessão de autógrafos no Espaço Porto Editora | Bertrand Editora.

Comment here